Começou o chat :)

Anúncios

Dicas para eliminar 50 calorias de uma só vez

Quer mandar embora algumas calorias, mas está sem ideias? Relacionamos 10 atividades para você mandar embora 50 calorias numa tacada só. Veja:

1 | Lavar louça durante 20 minutos. Se você é daquelas que não deixa acumular louça, terá que fazer uma forcinha para não sair lavando todos os pratos, copos e talheres que forem para a pia.

2 | Jogar videogame durante 32 minutos também é uma solução para exterminar 50 calorias. Organize um campeonato entre amigos e mãos à obra.

3 | 17 minutos varrendo a casa é uma estratégia que pode ser aplicada.

4 | Passar roupa é uma boa. Reserve 22 minutos para cuidar das suas roupas.

5 | Esqueça o elevador. Suba 5 andares pelas escadas.

6 | Pule corda durante apenas 7 minutos e mande embora 50 calorias.

7 | Se for ao supermercado, aproveite para empurrar o carrinho de compras durante 14 minutos.

8 | Para quem gosta de dançar, 15 minutos de tango eliminam 50 calorias.

9 | Bicicleta ergométrica? Pratique por 8 minutos.

10 | Caminhar de forma acelerada (não vale como quem está passeando no shopping) durante 8 minutos é uma boa pedida.

Mas lembre-se, para exterminar as calorias extras é preciso além da atividade física, controlar a gula e manter a dieta equilibrada, fazendo substituições adequadas e escolhendo o que vai ao prato.

Como escolher o tênis correto para corrida?

O tênis é o companheiro fundamental durante os treinos de corrida, pois funciona como uma proteção evitando possíveis lesões. Portanto, nada de treinar com aquele tênis velho, saiba o momento de aposentá-lo e adquirir um novo, específico para suas necessidades como corredor.

O primeiro passo, antes de iniciar a compra de um tênis, é descobrir qual é a sua pisada:

– Neutra: pisada normal, ou seja,  o pé não pende para dentro, nem para fora.

– Pronadora: a pisada se acentua para dentro.

– Supinadora: a pisada se acentua para fora.

Para entender qual é a sua pisada, você pode se dirigir até algumas lojas esportivas que realizam o teste gratuitamente, ou ainda clínicas especializadas que executam o teste de baropodemetria. Uma outra forma de analisar como é sua pisada, é observar o desgaste do seu tênis, visto que essa simples avaliação já lhe proporcionará indícios.

O segundo passo para escolher o tênis ideal à sua necessidade, é realizar um “teste drive” durante a compra. Aproveite para pular, correr, caminhar, enfim, movimentar-se o suficiente a fim de sentir o calçado em seu pé.

Além da pisada, você também precisa entender quais são as categorias em que se agrupam os tênis para corrida:

– Estabilidade: categoria que combina suporte, durabilidade e amortecimento. Indicado geralmente, para corredores de peso médio que não apresentem problemas de controle de movimento do pé.

– Controle de movimento: categoria que oferece tênis mais rígidos e duráveis, porém mais pesados com solado que oferece suporte e estabilidade. Indicado geralmente, para pessoas que possuem pé chato.

– Amortecimento: categoria que oferece tênis com menor suporte, maior amortecimento e sola mais macia. Indicado geralmente, para pessoas com o arco do pé alto e que não necessitam de suporte extra.

– Performance: categoria que oferece tênis mais leves, recomendado para treinos ou competições que exijam ritmo rápido. A estabilidade irá variar dependendo do modelo do tênis.

– Trilha: categoria específica para tênis utilizados em terrenos acidentados ou enlameados. Direcionados para o uso em trilhas, possuem maior tração, além de serem mais duráveis e estáveis.

E para finalizar o post de hoje, 5 dicas rápidas:

– O desgaste da sola do tênis proporciona sinais de quando ele precisa ser aposentado.

– Deixe para efetuar a compra do seu tênis ao final do dia ou após o treino habitual, pois seus pés estarão mais inchados, em função da irrigação sanguínea.

– Para uma maior durabilidade do seu tênis, escolha aquele com materiais de fabricação mais resistentes.

– O ideal é possui dois pares de tênis para alterná-los entre os treinos.

– Não utilize seu tênis de corrida para a prática de outros esportes como basquete, vôlei ou futebol.

Sobremesas bem-vindas

Bateu a vontade de comer aquele docinho logo após o almoço ou no meio da tarde? Calma, iremos apresentar algumas sugestões de sobremesas magras e saudáveis, para você não comprometer sua dieta.

Bom, para não eliminar de vez as sobremesas do seu cardápio, algumas substituições inteligentes funcionam para a diminuição do açúcar, gordura e calorias por porção. Veja:

– A receita inclui leite condensado ou creme de leite? Opte pelas versões lights, que possuem redução de gorduras.

– Você precisa utilizar farinha de trigo no preparo? Utilize farinha de trigo integral, que é mais saudável e lhe proporcionará mais fibras na refeição.

– E o açúcar? Prefira o açúcar mascavo ao branco, que contém mais vitaminas e minerais, pois não passa pelo processo de refinamento. Se for o caso, existem adoçantes que podem ir ao forno, assim você economiza calorias.

– Se for utilizar leite, fique com o desnatado, que possui menos gorduras e calorias.

– Quando for preparar um bolo de laranja, utilize o suco natural da fruta ao invés do óleo. Mas se o bolo for de chocolate, prefira cacau em pó ao achocolatado tradicional.

Atenção

– Evite o chantilly, caldas açucaradas e confeitos coloridos.

– Se for consumir frutas cristalizadas, retire antes o excesso de açúcar.

– Na salada de frutas, prefira o iogurte desnatado ao leite condensado ou creme de leite.

– Sorvetes e picolés? Escolha os de frutas e deixe de lado os de massa cremosa.

Sugestões de sobremesas que não comprometem sua dieta e saciam a vontade por doces:

– Mousse de limão

– Mousse de manga

– Gelatina diet

– Pudim (de caixinha) light

– Arroz doce

– Frozen Yogurt

– Espetinho de frutas

E por fim, a dica de ouro: moderação no consumo é a chave para qualquer dieta que vise uma alimentação leve, saudável e equilibrada.

Cuide da sua voz


Você sabia? Hoje é o Dia Mundial da Voz 🙂

Assim como o corpo, a voz também envelhece. Aí vão algumas dicas para cuidar das cordas vocais:

– Descanse e durma bem: a voz reflete o cansaço físico e a falta de ânimo.

– Beba muito líquido (principalmente água): hidratar as pregas vocais evita o ressecamento, fazendo-as vibrar livremente.

– Mantenha a voz sempre no seu tom natural, sem esforço ao falar.

-Coma maçã: essa fruta tem propriedades adstringentes, limpando o trato vocal até os pulmões, e favorece uma voz mais saudável.

Nutrição para o cérebro

Engana-se quem acha que apenas o corpo físico necessita de nutrientes. O cérebro também anseia por vitaminas e minerais que contribuam para seu funcionamento, melhor desempenho e preservação da capacidade cognitiva. Veja quais nutrientes devem fazer parte de uma alimentação equilibrada, que beneficie o cérebro:

>> Vitamina D: além de atuar na absorção do cálcio pelo organismo, é essencial para a coagulação sanguínea e bom funcionamento do coração e sistema nervoso. Onde encontrar? Laticínios e peixes.

>> Vitamina E: protege as membranas celulares e os tecidos, dos danos causados pela oxidação provocada pelos radicais livres. Também auxilia no funcionamento saudável do sistema circulatório. Onde encontrar? Oleaginosas, como castanha e nozes.

>> Vitamina C: essencial para a memória, possui propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento, protegendo o declínio mental que acontece ao longo dos anos. Onde encontrar? Frutas cítricas.

>> Vitamina B: participa de várias reações químicas fundamentais ao organismo e está relacionadas com a geração de energia. Onde encontrar? Cereais e carnes.

– Vitamina B2: importante para o metabolismo das proteínas, gorduras e carboidratos.

– Vitamina B6: participa do metabolismo das proteínas e aminoácidos.

– Vitamina B12: indispensável para a formação das células sanguíneas e o funcionamento do sistema nervoso.

>> Ômega-3: atua no melhor funcionamento cognitivo, sendo capaz de melhorar o aprendizado e a memória. Também pode contribuir para a redução do risco de depressão e demências. Onde encontrar? peixes como o salmão e a sardinha.